sábado, abril 29, 2006

O Leopardo

Há quem diga que não é fácil ver um Leopardo em África. Animal tímido, refugia-se nos ramos das árvores. Amigos meus já com experiência em alguns safaris nunca o viram.

A minha história é diferente. Em Dezembro de 98 fui à Àfrica do Sul. Trinta minutos depois de iniciar o meu safari na Sabi Sand Reserve ( e duas horas depois de mudar um furo em pleno mato, com zebras e impalas à vista) fui sobressaltado por um rugido a cinco metros de distância. A impala que antes vira acabava de ser emboscada por um leopardo. Que a matou por estrangulamento. A beleza natural da cena incomodou a Kiki, dama argentina que estava connosco no jipe descapotável em que seguíamos.

Com medos dos leões e das hienas, o leopardo logo levou a sua presa para os ramos mais altos de uma árvore. Cansado com a caçada aí permaneceu em repouso. E nós, deslumbrados, contemplavamos a beleza do animal.


Ao jantar Carlos , o meu companheiro argentino, entre dois tragos de Syrah, perguntou ao guia: " Quando estávamos debaixo da árvore, como sabia que o leopardo não saltava para cima de nós?". Chad respondeu-lhe: " Não sabia".

terça-feira, abril 25, 2006

Impressões do Alentejo















Verde Alentejo. Aqui e ali salpicado pelo amarelo das giestas, do lilás do jasmim e do vermelho das papoilas. Monet revisitado.

Sagres

Depois de durante vários anos e pelos mais variados portos ter procurado o dourado líquido que mais enchesse as medidas às minhas gustativas papilas, dou início à minha colaboração neste antro hedonista, fazendo o elogio a um dos melhores produtos criados pelo génio lusitano, por vezes inconcebivelmente negligenciado. Refiro-me, claro, a essa doce conjunção de malte, lúpulo e pura água, a que sabiamente atribuimos o nome do local de onde partimos para dar novos mundos ao Mundo. A Sagres!!! Oh, doce néctar, que tanto me tens acompanhado nos emaranhados caminhos desta terra, honra te seja feita como a melhor bebida para os pátrios palatos. A tua frescura seja sempre o teu timbre e que nunca percas o teu inconfundível sabor!
Brilhe alto o teu nome e seja para sempre esquecida a insípida beberagem a que alguns tem o desplante de chamar Super...Acompanhem a tua glória, como honradas damas de honor as ultramarinas Brahma e Corona e se curvem perante ti as plebéias Guiness, Stella e Budweiser. Aqui terás sempre um esforçado defensor e juntem-se a mim todos os que te degustam, cognominando-te rainha das cervejas!

sábado, abril 22, 2006

Livros: Historia da beleza - Umberto Eco


Umberto Eco relata-nos como, desde a Grécia Antiga até à actualidade, nas mais variadas maneiras, se concebeu a beleza na cultura ocidental. Recorrendo a obras de arte, textos de romancistas, filósofos, poetas, imagens do cinema, da televisão e da publicidade, e partindo do princípio de que a beleza nunca foi algo de absoluto e imutável, ele consegue captar e comparar as diferenças que existem entre os diversos ideais de beleza ao longo dos séculos e dos povos. No fundo, é passar em revista tudo aquilo que os seres humanos consideram belo na natureza, nos animais, no corpo humano, nas pedras preciosas, nos feitos heróicos, nas máquinas, na tecnologia, nos astros, no vestuário. É, definitivamente, um excelente exercício intelectual!

sexta-feira, abril 21, 2006

Requinte e Prazer

Espírito Blue


Já chegou às bancas o 1º número da "Blue Wine". Depois da Travel, da Living e da Cooking, a Blue lança uma revista para apreciadores de vinhos.

Neste número de abertura destaco uma prova de vinhos portugueses por um júri internacional que elegeu o seu top-ten, uma reportagem sobre os Jorgensen, da Herdade das Cortes de Cima e um almoço de degustação com vinhos lendários que decorreu no "Bull & Bear".

Pretty na Broadway



Estreia amanhã na Broadway "Three Days of Rain" com Julia Roberts. As ante-estreia foi ontem e as críticas não poupeam elogios à megastar. A peça está a despertar um grande interesse do público que quer ver o seu ídolo ao vivo mas, apesar dos poucos dias da peça em cena, ainda é possível arranjar bilhetes nalgumas agências de bilhetes.

Até 18 de Junho, no Jacobs Theatre

quinta-feira, abril 20, 2006

Cars




A caminho de uma grande corrida, um carro espertalhão chamado Lightning McQueen (Owen Wilson) vai parar à cidade Radiator Springs. Durante a sua estada , McQueen faz amizade com alguns locais que o ajudam a perceber que há coisas mais importantes na vida que a fama e a fortuna. Pelo meio enamora-se por uma Porcheta e cruza-se com um Fiat 600 apaixonado pela Ferrari..Com um carro no protagonista só podia ser um road movie que atravessa a mítica Route 66 e cruza alguns dos parques naturais dos USA.

Com as vozes de Paul Newman e Michael Keaton, dirigido por John Lasseter (Toy Story 2), e produzido pela Pixar (Nemo, Os Incriveis), em Junho vai ser bom levar os nossos filhos ao cinema.

quarta-feira, abril 19, 2006

Dancing with the whales



Baleias corcundas
Ao largo de Maui
Junho de 1999

QUARTO DE HOTEL ( 5 ) FASANO



Hotel pequeno, com apenas 64 quartos e suites distribuidos por 25 pisos, com 2 a 4 quartos por piso, situado na zona dos Jardins,tem uma óptima localização, junto às melhores lojas e aos melhores restaurantes de São Paulo.

Os quartos,com um design moderno e elegante, em tons de castanho e pastel, para além de todas as comodidades inerentes a um hotel de topo,têm internet banda larga e leitor de DVD (com DVDteca grátis)

O restaurante Fasano é considerado o melhor de São Paulo e até do Brasil, servindo cozinha italiana.O mais informal Nonno Ruggero é uma trattoria, com um agradável terraço, e é onde também é servido o pequeno almoço.
Nos últimos pisos, o spa é um refúgio com vistas sobre a cidade, oferece uma piscina, sauna, massagem, ginásio e “hot tub”. A piscina apesar de ocupar toda a largura do hotel tem apenas 12 metros.

O business center fornece acesso grátis à internet para quem não tem computador próprio ( aí tem acesso no quarto).

O hotel tem viaturas próprias que oferecem transfers para o aeroporto ou transporte pela cidade.

O serviço é sublime e é o que torna o Fasano tão especial. Nos quartos, pareceu-me que há sempre empregados por cada piso, que parece que têm sensores já que basta sairmos do quarto 30 minutos e no regresso reparamos que já nos arrumaram novamente o quarto. O concierge é de uma eficácia total. O room service é excelente e pontual. No restaurante e no pequeno almoço o serviço é irrepreensivel. No bar do lobby os Bellinis (champagne com sumo de pêssego branco ) são divinos. E se viajar com crianças nunca lhes vai faltar um sorriso.

HOTEL FASANO
Rua Vittorio Fasano, 88
Sao Paulo, Sao Paulo 01414-020
Brazil
Preços desde €255 aqui ou aqui.

segunda-feira, abril 17, 2006

DVDteca - Grandes Mestres do Cinema (2)

INGMAR BERGMAN

Ingmar Bergman, nasceu em 1918 em Uppsala,na Suécia. Filho de um pastor luterano, teve uma educação austera, sendo severamente castigado (p.e fechado num armário) pela rigidez do pai. Essas experiências traumáticas da infância irão marcar a obra de Bergman, primeiro como encenador e depois como realizador. Na sua obra o conflito entre o Bem e o Mal, a Vida e a Morte, são questões éticas e filosóficas que o perseguem por toda a sua obra. “Sorrisos de Uma Noite de Verão” (1955) e o “Sétimo Selo”(1957) projectam-no no panorama internacional, premiados em Cannes. Já nesses filmes aparecem os “seus actores” Max Von Sydow, GunnarBjostrand, Bibi Andersson, Ingrid Thulin e Liv Ullmann. Sendo muitas das suas obras pontos de partida da metafísica para a psicologia humana, não admira que Bergman seja o cineasta favorito dos psiquiatras.

Mas o meu filme preferido de Bergman é “Morangos Silvestres” (1957), percursor dos road-movies , em que a viagem de um velho professor jubilado o leva a questionar o sentido da sua vida na aproximação da morte. O professor Isak Borg, ( Victor Sjostrom) prepara as suas memórias para uma homenagem pelos seus 50 anos do exercício de Medicina. Depois de um pesadelo resolve visitar a sua cidade natal,Lund. Acompanha-o a sua nora (Ingrid Thulin) que está separada do seu filho , mas procura a reconciliação. A viagem é o pretexto para um regresso ao passado, por vezes através de sonhos alegóricos, das férias de Verão na casa de campo, à cidade onde começou a exercer Medicina ou à casa da sua mãe. Dá boleia a uma jovem (Bibi Andersson) que lhe traz a memoria da primeira paixão. Cruza-se com um casal desavindo, que lhe recorda a má relação com a sua mulher ( já falecida). Ao longo da viagem debate-se com as suas frustrações e falhanços, reconciliando-se com a vida e a mortalidade. A cena do sonho na carruagem, recriação do sonho em “Crime e Castigo” de Dostoievsky, é obscura e surreal, e significa a negação do destino. O sonho final, que evoca um piquenique junto a um lago, melancólico e redentor, é a afirmação subtil e bela de reconciliação e paz interior.

Obra prima, “Morangos e Silvestres” foi distinguido com o Urso de Ouro em Berlim em 1958. Um dos inúmeros prémios que recebeu na sua carreira. Óscar para melhor filme estrangeiro , premiado em Cannes, Veneza e Berlim, Bergman é um dos nomes maiores do cinema europeu, influência maior de autores como Woody Allen.

Outros Filmes Recomendados: O Sétimo Selo(1957), Face a Face (1958) , Persona ( 1966), Lágrimas e Suspiros(1972), O Ovo da Serpente (1977) ,Sonata de Outono(1978).

DVD: “Morangos Silvestres”,na FNAC € 24.90, na Amazon.uk 7.99£.

domingo, abril 16, 2006

Exposições em Viagem

Até 28 de Maio: Cézanne e Pissarro
Musée d’Orsay,Paris


Até 18 de Junho: Rembrandt- Caravaggio
Van Gogh Museum, Amsterdam

Até 27 de Agosto (Para ver antes do Portugal – Irão) :
Thomas Demand e Max Beckman
MMK, Frankfurt
( e para ver antes do Portugal – México) : Escola Flamenga- Colecção do Rijksmuseum
Bonnefantemuseum,Maastricht

Até Janeiro 2007: “La Mente di Leonardo Da Vinci”
Galeria dei Uffizi,Firenze

De 5 de Junho a 3 de Setembro: Picasso. Tradição e Vanguarda
Museu do Prado, Madrid

De 8 de Junho a 27 de Agosto: Tintoretto. O Paraíso.
Museu Thyssen, Madrid (na mesma altura “De Cranach a Monet”)

1 de Junho a 28 de Agosto: Constable: Grandes paisagens
Tate Britain,Londres

De 22 de Junho a 1 de Outubro: Kandinsky: O caminho para o Abstraccionismo 1908-1922
Tate Gallery, Londres

sábado, abril 15, 2006

Vinhos para uma Páscoa Feliz

Esporão Special Selection- 2004
Castas: Antão Vaz, Arinto e Semillon
Cristalino,cor de palha; Aroma com notas de madeira,baunilha e pêssego, vinho complexo, cheio e persistente na boca
Ideal para acompanhar peixe assado ou bacalhau

Domaine Laroche Chablis Gran Cru Les Clos
Casta- Chardonay
Cor palha, aromas alimonados, tosta e baunilha, na boca elegante e subtil, muito estruturado com final muito longo.
Acompanha peixe e marisco.
€75.13 na Vinhos e Coisas


Les Terrasses 2003 - Priorat (Espanha)
Garnacha(50%) Cariñena (40%) e Cabernet Sauvignon (10%)
Cor de cereja preta com reflexos violáceos, aroma a frutos silvestres com notas florais e de madeira, na boca é encorpado e envolvente, com um final longo.
Acompanha carnes vermelhas, guisados ou queijos curados.
20.75€ no El Corte Inglês

Quinta dos Quatro Ventos - Colheita 99 Douro Caves Aliança
Castas: Tinta Roriz, Touriga Ftanca e Tinta Barroca
Cor intensa, violeta, aromas de especiarias, tabaco e frutos silvestres, na boca com bom corpo, frutos negros, taninos suaves, final longo.
Acompanha o cabrito pascal.
€ 18.65 na Garrafeira Tio Pepe
Pol Roger - Extra Cuvée de reserve - Brut
Champagne
Cor amarelo esverdeado, notas de ameixa branca e frutos secos, alimonados, muito fino na bolha, firme e elegante,com final longo.
€ 38.10 na Vinhos e Coisas.



Burmester Tordiz 40 anos Tawny
Porto
Cor topázio, aroma a frutos secos e baunilhas, na boca poderoso,meloso, encorpado, grande persistência na boca.
Pode acompanhar o pão de ló, mas o ideal é saboreá-lo em meditação.
€174.50, na Vinho e Coisas

sexta-feira, abril 14, 2006

Novos blogs

No sentido de obviar desvios editoriais nos Prazeres, criei dois novos blogs temáticos, "Imbushment" e "O Leão da Fonte da Moura".

QUARTO DE HOTEL ( 4 ) SOL GAVILANES

Menorca, a segunda maior das Ilhas Baleares, é um paraíso de praias de grande beleza natural, muitas delas só acessiveis de barco, de águas verde esmeralda.

Sem a movidada vizinha Ibiza nem os resorts de luxo de Mallorca, tem hotéis “low-key”, ideais para famílias com crianças.

A escolha certa é o Hotel Sol Gavilanes, um hotel de quatro estrelas, sem luxos mas com uma localização extraordinária sobre a Cala Galdana. Cenário paradisiaco, a lembrar a Maya Beach nas ilhas Phi Phi, na Tailândia, apenas mais povoada. É uma excelente opção para os feriados de Junho, até porque nessa época os preços são bastante convidativos, custando o quarto duplo desde 107€, em meia pensão.

O jantar buffet não sendo gourmet cumpre a sua função havendo uma extensa escolha de grelhados e outros pratos quentes, havendo igualmente muitas opções para crianças. E com um pôr do sol destes o jantar é sempre bom.

Com uma praia destas ninguém precisa de piscina, e a do Sol Gavilanes não deslumbra, mas para amntes do desporto tem todas as tardes disputados jogos de polo.

Dado que Menorca vale pelas suas pequenas calas muitas delas só acessiveis por mar, recomendo o aluguer de um barco.

Se a visita coincidir com o São João é indispensável uma ida a Ciutadella. Cavalos engalanados passeiam pelo meio de uma multidão empolgada, entrando mesmo dentro das casas, fazendo parecer o nosso São João uma festa calma.


Sol Gavilanes **** Cala Galdana Ferrerías - Minorca, SPAIN 07750
Tel: (34) 971 154545- Fax: (34) 971 154546- E-mail: sol.gavilanes@solmelia.com

http://www.solmelia.com/solNew/hoteles/jsp/C_Eventos.jsp

quinta-feira, abril 13, 2006

DVDteca - Grandes Mestres do Cinema (1)


AMARCORD ( 1973) de Federico Felini

Hino à alegria e à nostalgia,"Amarcord" que significa "eu lembro-me " no dialecto romagnolo, é um filme autobiográfico no qual Fellini reinventa a sua juventude na Rimini dos anos trinta. Fresco irónico e melancólico da Itália entre duas guerras,dominados pela Igreja e o Fascismo, que influenciavam a cultura e os costumes. O protagonista é Titta, alter-ego do Fellini adolescente, e a sua história é o fio condutor de pequenos retratos e episódios anedóticos que se entrelaçam revelando a irreflexão e alegria de viver que caracterizam a juventude e os italianos.

Amarcord é pois uma visita guiada ao longo de um ano na vida da cidade . As raparigas, as brincadeiras, as festas e os rituais da vila, as refeições que sempre acabam mal, pecado e redenção na Igreja, o Grande Hotel e os navios de cruzeiro, o grande Rex (que Fellini revisitará em" La Nave Va") como miragens inacessiveis, os camisas negras, estão todos lá. Encontramos a bela Gradisca que passeia a sua sensualidade inflamando os homens de Rimini; Ronald, que dirige o cinema; o Pai de Titta, comunista que ouve a Internacional no gramofone; a mãe de Titta que se quer suicidar todos os dias por causa das idiotices do pai; e o padre obcecado com a masturbação dos adolescentes.

A fuga do tio Leo do asilo para um piquenique e o seu desejo por uma mulher. A chegada dos fascistas à cidade. A ginástica e hilariantes cenas na escola. A própria cidade é protagonista . No meio de todo esse tumulto por vezes emergem momentos poéticos como a cena do pavâo que no meio do nevoeiro espalha as suas penas enquanto a neve cai. Ou a cena mais triste, no casamento de Gradisca com o líder fascista, em que não há ninguém para apanhar o ramo da noiva.

Filme de afectos, todos os traços que caracterizam o cinema de Fellini estão aqui, as caras grotescas, as procissões, a ténue separação entre sagrado e o profano, o tom amargo doce e a música de Nino Rota.

Obra prima do cinema italiano é um filme obrigatório em qualquer DVDteca.

Outros filmes aconselhados de Fellini ( seriam todos,mas ...) : Satyricon (1969) e Roma (1972)

DVD: Amarcord , na Fnac (€ 16.90)

terça-feira, abril 11, 2006

A Praia

Maya Beach, Phi Phi Leh, Tailândia
Dezembro de 2000

Danny Boyle na rodagem do filme "The Beach" com Leo di Caprio

TABLES DU MONDE (3) SPONDI

Em Atenas, numa rua recatada, longe da movimentada Plaka, descobri o “Spondi” um restaurante digno do Olimpo. Aliás o seu nome significa “ Oferendas aos Deuses”. Dispondo de várias salas sóbrias mas elegantes, e de um pátio que deve ser fabuloso nos meses quentes ( infelizmente as minhas visitas ocorreram no mês de Janeiro) o chefe Jerome Serres oferece-nos alta cozinha da escola francesa, com inspiração mediterrânica.

O serviço é excelente, e o “sommelier”ajuda-nos a analisar a extensa carta de vinhos, sugerindo boas escolhas, ao alcance das nossas bolsas ( na carta há vinhos que custam 3000€) .

As minhas visitas ocorreram em Janeiro de 2004 ( fui lá jantar com o meu amigo António e gostámos tanto que no dia seguinte voltamos lá com o Joaquim) mas pelo que tenho lido a fama do restaurante não pára de aumentar.



Lembro-me que lá degustei a melhor sopa que já comi: um “Velouté de cogumelos com foie gras e trufas”. Também se provaram nas entradas “salada de santola e vegetais com molho de laranja e lima” e “Vieiras em puré de couve-flor com molho de uvas, alcaparras e azeitona”.

Na primeira noite comi peixe,um pargo fresquíssimo, com funcho, alho francês e endivias num molho de ervas aromáticas e gengibre. Na segunda visita comi Peito de Pombo com vegetais e um molho de sumo de beringela e cepes. O Filet mignon de Porco com trufas e batata “en croute” também recebeu rasgados elogios.

Nas sobremesas recordo que o António repetiu a Paleta de Chocolate e Cacau e que eu me rendi ao exotismo do sorvete de tangerina com puré de banana e ananás, com azeitona caramelizada, creme de baunilha e molho de gengibre e açafrão.

Imperdível este “Spondi”,seguramente um dos melhores restaurantes da Europa. Se a Acrópole o desiludir, faça aqui as pazes com Atenas.


Preço Médio: 100€ à la carte, com entrada, prato , sobremesa e vinho.

Nº5 Pyrronos Str. Pangrati
Atenas
Tel. + 30 2107 564 021

segunda-feira, abril 10, 2006

DVDteca (1)

DVD´s em saldo na FNAC ( 9.95€) :

De Martin Scorcese: " Last waltz", "New York, New,York" e "Touro Enraivecido"
De Federico Fellini: "Satiricon"
De Bernardo Bertolucci: "O Último tango em Paris"
De Steven Soderbergh: "Sexo,Mentiras e Video"
De Jonhatan Demme: "O Silêncio dos Inocentes"
De Pedro Almodovar: "Kika", " Negros Hábitos" e "Que fiz eu para merecer isto"
De Mike Nichols : "Closer"
De Joel Coen: "Fargo" e "O Barbeiro" (8.95€)
De Steven spielberg: "E.T. ( 8.95€)

De Woody Allen, caixa com 7 filmes por 50.95€: "ABCdo Amor", Annie Hall", "Interiors", "Manhatan","Uma Outra Mulher", "Comédia Sexual numa Noite de Verão", "e "Ana e as Suas Irmãs".

Há aqui filmes que são clássicos do cinema, obrigatórios em qualquer DVDteca. Se tivesse de recomendar apenas um, escolhia o menos divulgado "O Barbeiro", tradução de "The Man who wasn´t there". Personagem fabulosa composta por Billy Bob Thornton, que pouco fala num filme em que é o protagonista, num tema recorrente nos irmãos Coen :"Crimes and Midsmeanors". Oportunidade para ver James Gandolfini fora da pele de Tony Soprano e Scarlett Johansson numa Lolita que tocava piano.

domingo, abril 09, 2006

Se eu fosse um dia o teu olhar


Monument Valley, Maio de 2003